Câmara de Vila Franca desliga fontes ornamentais para combater a seca

seca nacional

As fontes ornamentais do concelho apenas vão estar operacionais somente entre as 8h00 e as 9h00 e das 18h00 às 19h00, apenas de forma a garantir o funcionamento mínimo dos equipamentos, e enquanto durar o período de seca em Portugal.

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, devido à situação de seca extrema, determinada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), implementou medidas extraordinárias que visam reduzir imediatamente os consumos de água no espaço público.

Para tal, o município decretou a desativação parcial da alimentação de água às fontes e lagos através da restrição do seu tempo de atividade. No entanto, em comunicado, a autarquia reforça ainda que, apesar do funcionamento em circuito fechado, estes tanques e fontes ornamentais perdem água devido à evaporação.

Por isso, os mesmos apenas vão funcionar apenas entre as 8h00 e as 9h00 e das 18h00 às 19h00, de forma a garantir o funcionamento mínimo dos equipamentos. A situação aplica-se às fontes ornamentais situadas nos seguintes locais: rotunda da Entrada de Vila Franca de Xira; Jardim Municipal Constantino Palha; Parque Urbano de Vila Franca de Xira; Rotunda das Silveiras (Alverca do Ribatejo); Jardim Parque José Álvaro Vidal; Rotunda dos Caniços (Póvoa de Santa Iria); e ainda na Quinta Municipal da Piedade.

A medida irá durar durante o período de seca em Portugal. Ao mesmo tempo, estão ainda a ser desenvolvidos estudos no sentido de englobar os tanques e fontes ornamentais no Sistema Integrado de Gestão de Rega (SIGR), otimizando os consumos de água e energia no concelho.

Câmara de VFX vai continuar a implementar medidas para a poupança de água

Durante o ano de 2022, os SMAS vão ainda instalar Zonas de Medição e Controlo na rede de distribuição de abastecimento de água, o que possibilita a monitorizar perdas de água. Simultaneamente, serão instaladas válvulas redutoras de pressão, diminuindo assim a probabilidade de ocorrência destas roturas e perdas na rede pública.

Após o anúncio das medidas, Fernando Paulo Ferreira, presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, salientou que “esta é a forma de garantir uma maior poupança de água e de servir de exemplo a todas as comunidades do concelho”.

O Município de Vila Franca de Xira tem vindo a realizar, ao longo dos últimos anos, uma estratégia de otimização dos recursos hídricos. No âmbito desta política continuada e perante o novo contexto nacional urge a necessidade de implementar medidas extraordinárias e adaptar o território, tornando-o sempre e cada vez mais resiliente às alterações climáticas e aos efeitos decorrentes das mesmas.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com